Translate this Page
Ultimas Atualizações
Dia pós dia!  (01-04-2019)
Teologia  (30-01-2019)
Liderança  (30-01-2019)
Reflexões e Mensagens  (30-01-2019)
Bíblia Online  (30-01-2019)




ONLINE
1






"Um dia sem Deus é um dia a menos de felicidade , sendo assim devemos sempre continuar vivendo o mais próximo Dele, ouvir a sua voz e obedecer. Quando fazemos isso, passamos a viver bem melhor" Experimente!

 


Deus ouve as orações

Deus ouve as orações, mas sua resposta depende de como estamos vivendo.

 

A oração é a ferramenta mais poderosa que Deus colocou a disposição dos homens para que através dela possamos conversar com Ele, através da oração levamos até Deus os nossos pedidos de perdão pelas transgressões cometidas, assim como nossas palavras de gratidão por tudo quanto Ele nos concedeu, e, através de sua imensa misericórdia podemos elevar até Ele os nossos pedidos por nossas necessidades, como podemos ver na carta de Paulo aos Filipenses cap. 4 vs 6-7:

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.
E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.”

Como toda ferramenta que é necessário o treinamento e experiência para manuseá-la, de igual forma a oração.

Orar não é apenas um ato mecânico, repetitivo sem objetivo, não podemos orar estando de qualquer maneira pensando que Deus irá nos responder da maneira que gostaríamos, até para falar com Deus através de nossas orações há necessidade de nos enquadrarmos em alguns requisitos básicos, mas importantes.

Primeiramente para que possamos falar com Deus através da nossa oração precisamos acima de tudo crer Nele.

Quero chamar a atenção para dois textos para esta assunto. O primeiro podemos encontrar em João 11:40

“Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?”

Na ocasião onde Jesus ressuscitara Lázaro ele deixou bem claro, precisamos crer no Deus que servimos e em seu infinito poder para realizar diversos milagres inclusive ressuscitar mortos se for de sua vontade.

Esta fé precisa ser inabalável independente de qualquer fator externo que tentam nos impedir de servir Jesus e proclamar seu evangelho transformador.

Vejamos o que diz o texto de Romanos 10:9-11

“A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.
Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.
Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido.”

Partindo do princípio que definitivamente cremos em Jesus passemos a meditar nas verdades bíblicas que nos exorta a uma santificação para que possamos ter acesso a graça de Deus através de nossas orações e entender a sua vontade.

1 - Deus ouve todas as orações?

O Texto de Isaías 1:11-17 nos mostra um momento em que Deus diz não ouvir as orações e explica muito bem o por que. Vejamos:

“De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios, diz o Senhor? Já estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; nem me agrado de sangue de bezerros, nem de cordeiros, nem de bodes.
Quando vindes para comparecer perante mim, quem requereu isto de vossas mãos, que viésseis a pisar os meus átrios?
Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e as luas novas, e os sábados, e a convocação das assembleias; não posso suportar iniquidade, nem mesmo a reunião solene.
As vossas luas novas, e as vossas solenidades, a minha alma as odeia; já me são pesadas; já estou cansado de as sofrer.
Por isso, quando estendeis as vossas mãos, escondo de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei, porque as vossas mãos estão cheias de sangue.
Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer mal.
Aprendei a fazer bem; procurai o que é justo; ajudai o oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das viúvas.”

Este texto de Isaías nos mostra Deus questionando para que serve tantos sacrifícios.

Os sacrifícios tinha sido uma forma instituída por Deus para aproximar-se dele e receber o perdão pelos pecados. Isaías não esta se opondo aos sacrifícios, oração, adoração corporativa e expiação pelo sangue. Ele esta simplesmente condenando o sacrifício vazio e a adoração sem substância do povo, os quais não eram acompanhados pela justiça social e verdadeira adoração.   

Infelizmente em nossos dias não está diferente daquele tempo, claro que não se faz mais sacrifício pelos pecados com animais, mas muitos fazem verdadeiros sacrifícios de tolos, sobem montes todos os dias por um ano, ficam em jejum por horas ou dias, se vestem de forma diferente mas sua essência é vazia. Mentem, caluniam, não honram seus pastores, não honram seus pais. Muitos não conseguem ficar duas horas adorando Ao Deus vivo sem pegar o celular para ver as mensagens das redes sociais ou quantos “likes” teve sua postagem dentro do templo, mostrando para todos que estão cultuando. Quando há necessidade de voluntariado para uma atividade na igreja, apresentam desculpas diversas para não ajudarem, não ofertam, não são fiéis nos dízimos e querem que Deus não só ouça as orações mas também quem responda imediatamente. Agem assim pensado que podem enganar Deus que não se preocupa com a nossa aparência exterior mais sonda o nosso coração.

Mas quando estamos dentro dos padrões que agradam Deus, Ele não somente ouve nossas orações como as responde. Vejamos o que diz a carta de Tiago 5:16

“Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.”

 

2 - Deus responde todas as orações?

Certa vez ouvi um personagem de um filme que interpretava um sacerdote disse para o seu colega: “Deus ouve todas as orações, mas às vezes sua resposta é NÃO.”

Tiago 4:3 nos apresenta um texto sobre este assunto:

“Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.”

De fato nem todas as orações que fazemos são atendidas por Deus, pois do contrário não teríamos problemas, doenças e nem morte. Quem já assistiu um filme chamado O todo poderoso com Jim Carrey pode ver como o mundo ficaria se Deus dissesse sim para todas as orações, os homens seriam mais infelizes que dizem seu hoje, todos ganhariam na loteria, todos teriam os corpos como desejassem, ou a altura que lhe agradassem, mas Deus conhecendo o coração do homem, filtra todos os nossos pedidos, e como pai amoroso que é, nos concede aquilo que Ele sabe que vai acrescentar algo de bom em nossas vidas, e se insistirmos em fazer o que queremos, A sua vontade permissiva agirá e as consequências das nossas escolhas erradas serão devidamente cobradas por Ele.

A resposta a questão acima se Deus responde todas as orações é sim. Deus responde todas as orações, entendendo que NÃO também e resposta e precisamos aprender a aceitar o não da mesma forma que aceitamos o sim. O não pode salvar a sua vida.

Um doloroso exemplo de quando a resposta de Deus é negativa e pode salvar vidas esta relatada em Lucas 22:42, quando restava algumas horas para que Jesus fosse preso e crucificado ele fez o seguinte pedido ao seu Pai:

“Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua.”

Se Deus dissesse sim para a oração de Jesus naquela noite, o que seria de nós hoje?

O não de Deus para Jesus, significou a salvação das nossas almas do inferno para sempre, o não para Jesus, foi sim para nós.

 

3 – Para que devo orar?

O mesmo texto de Lucas 22, Jesus nos apresenta um bom motivo para orar:

“E quando chegou àquele lugar, disse-lhes: Orai, para que não entreis em tentação.”

               
É justamente em nossa fraqueza que o Diabo obtém vitória sobre nós, quando pensamos que somos autossuficientes e não precisamos da ajuda de Deus, não oramos, não lemos a Bíblia, não jejuamos como devemos.

A tentação bate a porta de nossa mente e coração todos os dias, precisamos manter nossa mente ligada em Deus vinte e quatro horas por dia, seja, no trabalho, na condução, em casa, na igreja e se possível até dormindo.

A carta de Paula à igreja de Tessalônica no capítulo 5:17 diz expressamente:

“Orai sem sessar”

A nossa oração tem poder, Deus não nos ensinaria tanto sobre a oração se Ele não tivesse poder para responder cada uma feita, mas para que tudo aconteça conforme a sua vontade, precisamos lavar de nossas mãos os pecados, o sangue das pessoas que matamos com nossas palavras e ações, a nossa oração terá poder quando deixarmos a hipocrisia de lado e de fato viver o que pregamos, amar sem esperar nada de volta, deixar que falem mal de nós e olhemos apenas para Deus, nossa oração terá poder quando em me importar o que Deus pensa de mim e não o que minha família ou pessoas pensam sobre mim. Eu sou o que Deus diz que sou. Filho, Vencedor e herdeiro com Jesus.

Nossa oração terá poder quando eu sair de casa apenas com a mente voltada a adorar Jesus, sem me preocupar com as mensagens do zap, face, twiter que esta acontecendo durante a celebração. Nossa oração terá poder quando de fato nos apresentarmos diante de Deus com a reverência que Ele merece, crendo que Ele é Deus todo poderoso e crendo que Ele quer o melhor para minha vida e minha família.

Nossa oração terá poder quando entendermos que a volta de Jesus esta próxima e precisamos orar dia e noite até que Ele venha.

Pastor Robson Ferreira